PETROBRAS CONFIRMA EMISSÃO NO EXTERIOR COM CAPTAÇÃO DE US$ 4 BILHÕES

10/01/2017 07:43:04 - AE NEWS

PETROBRAS CONFIRMA EMISSÃO NO EXTERIOR COM CAPTAÇÃO DE US$ 4 BILHÕES
 
Fonte: Agência Estado/Broadcast
 

São Paulo, 10/01/2017 - A Petrobras confirmou a emissão de títulos no exterior com a captação de US$ 4 bilhões, conforme antecipou mais cedo o Broadcast. Foram duas operações de US$ 2 bilhões cada.

A primeira, com vencimento em 17 de janeiro de 2022, pagará juros de 6,125% ao ano. Os pagamentos dos juros serão feitos semestralmente, nos dias 17 de janeiro e 17 de julho de cada ano até o vencimento. A segunda operação, com vencimento em 17 de janeiro de 2017, pagará juros de 7,375% ao ano, com a mesma estrutura de pagamentos.

As operações foram coordenadas pelos bancos Bradesco BBI, Citigroup, HSBC Securities, Itaú BBA USA Securities e Morgan Stanley. A Petrobras anunciou ainda que aumentou o limite de recompra de US$ 2 bilhões para US$ 4 bilhões.

A demanda pelos papéis teria chegado perto de US$ 20 bilhões, conforme apurou o Broadcast, cinco vezes acima da captação realizada e mais que o dobro do volume registrado em sua última emissão, de US$ 9 bilhões.

Inicialmente, a Petrobras mirava captar, ao menos, US$ 2 bilhões, mas acabou elevando o volume diante do custo considerado baixo. A estatal emitiu dois bônus, um com vencimento em cinco anos e outro com dez anos, e, segundo fontes, emitiu US$ 2 bilhões em cada. Inicialmente, a taxa indicativa era de 6,5% e 7,75%, respectivamente, mas foi revisada para 6,125% e 7,375%, diante da demanda dos investidores.

"Essa emissão funciona como um recado. A empresa tem hoje muito mais qualidade. Essa captação, a esse custo, foi um marco", diz uma fonte que acompanhou diretamente a operação. A fonte ressalta, ainda, que a estatal não elevará seu endividamento com a emissão, visto que deve usar todo o montante para recomprar os bônus com vencimento mais curto.

A agência de classificação de risco Moody"s atribuiu rating B2 e perspectiva estável à emissão externa da Petrobras. A nota está suportada, conforme a classificadora, na base sólida de reservas da companhia, sua posição dominante no setor brasileiro de óleo e gás fora sua importância para a economia brasileira. Consideram ainda a análise de risco da empresa como uma emissora relacionada ao governo.




Endereço:
Viaduto Nove de Julho - 1º andar
Bela Vista - CEP: 01050-060
São Paulo - SP
Telefone: (5511) 3291-8735